11/12/2016

As Misteriosas Pirâmides Egípcias



Este é talvez um dos maiores mistérios da humanidade. O que são as pirâmides do Egito? Para que servem e quem as construiu? Existem diversas explicações científicas e ufológicas para estes grandes monumentos, mas a verdade é que ainda hoje estas perguntas permanecem sem respostas.

Vamos começar apresentando algumas coisas estranhas sobre elas:

Cientistas estimam que foram necessários 30.000 trabalhadores ao longo de mais de 50 anos para construir a Grande Pirâmide e que foram usados mais de 2.000.000 de blocos de pedra, cada um pesando em média duas toneladas e meia. Ou seja, os trabalhadores tinham que colocar 107 blocos de 2.5 toneladas por dia! Ou 4.5 blocos por hora, 7 dias por semana. Isto seria impressionante para a tecnologia atual, para a época de sua construção é bastante inacreditável.

Oficialmente, elas foram construídas utilizando rampas, polias, ferramentas de cobre, troncos de palmeira, etc. Imagine o povo egípcio atual, utilizando apenas estes artifícios e tentando reproduzir fielmente uma das pirâmides, é simplesmente impossível. A teoria oficial sobre a construção é só uma teoria, e com frequência sai uma nova versão.

Os historiadores dizem que as pirâmides eram túmulos dos faraós e garantem que não há múmias porque foram saqueadas. Porém, quando foram descobertas, todas as entradas estavam lacradas, ou seja os ladrões entraram, roubaram e resolveram fechar a porta na saída. Se considerarmos que a entrada para a pirâmide de Kéops teve que ser dinamitada para poder ser aberta, esta teoria parece ainda mais absurda.

Quer saber outra coisa estranha? As pirâmides tem dutos que segundo a versão oficial são de ventilação. Mas para que um túmulo fechado hermeticamente precisaria de ventilação? O fato é que estes dutos se alinham perfeitamente com estrelas e constelações com profundo valor simbólico na mitologia egípcia.





Alias, a própria grande pirâmide está perfeitamente alinhada com os pontos cardeais (Norte, Sul, Leste e Oeste).




Quer mais um detalhe? As três pirâmides alinham-se da mesma forma que as estrelas da constelação de Orion. A estrela mais alta da constelação está ligeiramente desviada do eixo que formam as outras duas estrelas. Em Gizeh a última pirâmide apresenta exatamente os mesmos graus que a estrela mencionada.






Para continuar o assunto, nós indicamos este ótimo documentário do Discovery, apresentando outros pontos a serem considerados nesta questão.




As pirâmides foram criadas com razões astrológicas profundas e precisões matemáticas impressionantes para qualquer padrão racional. Ainda discutiremos mais sobre este mistério no Blog, mas o que você pensa disso? Acha que tudo isto é apenas coincidência? Diga-nos aqui nos comentários.


(por Paulo Messias)