05/07/2017

TOP 5: Criaturas Submarinas Aterrorizantes

Neste Top5 vamos falar sobre as criaturas das profundezas mais impressionantes e temíveis da natureza. De grandes moréias ao incrível peixe-diabo, neste post você conhecerá cinco criaturas que com certeza lhe darão um certo calafrio.






01 - Peixe-diabo Negro

O peixe-diabo negro (Melanocetus johnsoni) é uma espécie de peixe encontrada em todos os oceanos, porém, mais especificamente em profundidades que variam entre 4,5 e 1,5 mil metros. É capaz de atrair suas presas com uma falsa isca, uma espécie de saliência luminescente que se agita sobre a cabeça. Há um grande dimorfismo sexual em tais animais, uma vez que as fêmeas chegam a medir 18 centímetros, mas os machos, porém, crescem apenas até três centímetros. Por viverem em profundidades extremas onde, às vezes, é muito difícil encontrar alimento, esses machos mordem a barriga de uma fêmea, passando a parasitar de seu corpo.




02 - Tubarão Cobra 

O tubarão-cobra (Chlamydoselachus anguineus) ou tubarão-enguia é uma espécie da família Chlamydoselachidae. Esta espécie, que era considerada extinta, tem cerca de dois metros de comprimento e habita águas em profundidades que vão desde 600 a 1000 metros. Tem uma importância econômica reduzida (pesca). Um exemplar fêmea foi filmado em 24 de janeiro de 2007 numa rara aparição em águas pouco profundas do litoral do Japão, próximo à cidade de Shizuoka. No entanto, a espécie se encontrava em péssimo estado físico e morreu horas após ser coletada. O tubarão-cobra é uma das criaturas mais antigas já encontradas vivas nos dias de hoje. Já foram encontrados fósseis deste animal com cerca de 80 milhões de anos.




03 - Moréia

Muraenidae é uma família de peixes anguiliformes conhecidos vulgarmente por moréias ou moreões. Têm distribuição natural alargada nas águas tropicais, subtropicais e temperadas de todos os oceanos, particularmente nas regiões onde existam recifes coralinos. Vivem a profundidades que vão desde a superfície a uma centena de metros, onde passam a maior parte do tempo dissimuladas no interior de fendas e pequenas cavernas, onde repousam durante o dia. Apesar de muitas espécies ocorrerem regularmente em águas salobras, poucas espécies marinhas penetram nas águas doces, embora as espécies Gymnothorax polyuranodon e Echidna rhodochilus sejam dulçaquícolas.




04 - Peixe-negro-engolidor

Chiasmodon niger, conhecido pelo nome grande-engolidor ou engolidor-negro, é um peixe do gênero Chiasmodon da família Chiasmodontidae, com a particularidade notável de conseguir capturar e engolir peixes muito maiores que si, merecendo o nome de grande-engolidor. Tal fato deve-se ao seu estômago, que pode se dilatar para conter animais maiores. Encontra-se distribuído por todas as águas de clima tropical e subtropical, na zona mesopelágica e zona batipelágica à profundidade de 700-2750 metros. Como indicado pelo seu nome, o engolidor-negro é de cor negra. Mede até 25 cm e o seu corpo, alongado, carece de escamas.

 


05 - Peixe Pelicano

A anguia pelicana (Eurypharynx pelecanoides) é um peixe de profundidade raramente visto pelos seres humanos, embora ocasionalmente seja capturado em redes de pesca. É um peixe semelhante a anguinha e o único membro conhecido do gênero Eurypharynx e da família Eurypharyngidae. Pertence à ordem Saccofaringiformes, que está intimamente relacionada com as enguias reais em Anguilliformes. Também é referido como a anguila, peixe pelicano e peixe guarda-chuva. 




E aí, querido leitor, conhecia alguma dessas espécies? Já pensou dar de cara com
algum exemplar sinistro como esse? Deixe seu comentário.
E não se esqueça de curtir nossa fanpage no Facebook e
se inscrever no canal do Youtube.