28/07/2018

Notícias Assustadoras da Semana - 21 a 27/07/18


Seleção de notícias da semana.
Direto e reto, só o que você precisa saber.

Dessa vez, enganaram a morte


Foto: Polícia de Burnet / Divulgação


Treze pessoas sobreviveram a um acidente de avião no Aeroporto Municipal de Burnet, no Texas, Estados Unidos, no sábado (21).

Segundo o gabinete do Xerife do Condado de Burnet, a aeronave estava tentando decolar quando uma das asas encostou na pista e começou a pegar fogo. Os bombeiros foram acionados e conseguiram conter as chamas.

Ainda de acordo com a polícia local, uma pessoa com queimaduras significativas e outras sete com ferimentos leves foram transportadas por helicóptero para o hospital Seton Highland Lakes.

O Departamento de Segurança Pública do Texas e a Administração Federal da Aviação estão investigando as causas do acidente.


Viúva Negra presa


Nubia de Sá, a Viúva Negra

Há 12 anos, Nubia de Sá, de 59 anos, ateou fogo ao corpo de seu marido, que morreu em decorrência da queimadura. Crime aconteceu na zona norte da cidade de São Paulo. A motivação do crime ainda é um mistério.

A mulher estava foragida da Justiça desde setembro de 2013. Ela foi detida e condenada a 12 anos de prisão pelo assassinato do companheiro, em outubro de 2006.

A prisão da assassina, conhecida como Viúva Negra, foi noticiada neste 23 de julho.


Queda mortal


Prédio onde incidente aconteceu com brasileiras em Punta del Este
(Foto: Alexis Cadimar/FM Gente)

Uma brasileira de 44 anos e a filha dela, de 4, morreram após caírem do 21° andar de um prédio em Punta del Este, no Uruguai. O incidente ocorreu na noite de terça-feira (24) e foi confirmado pelo Consulado Geral do Brasil em Montevidéu.

A mulher foi identificada como Luciana Tessmann, conforme o Itamaraty. Ela e a filha eram moradoras de Porto Alegre. Segundo o porta-voz da polícia local Joe Lopes, o caso "foi um suicídio".

"A senhora se lançou do 21° andar do edifício com a filha", explica.

A expectativa, conforme o consulado, é que os corpos da mulher e da criança sejam liberados até sexta-feira (27). O marido é médico e trabalha como cirurgião no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre.

"Ele (o marido) não estava no local, ele tinha saído do edifício para fazer umas compras", afirma Lopes. O porta-voz disse que não pode dar mais informações sobre o caso.

Em nota, o Itamaraty informou que acompanha o caso e os agentes consulares brasileiros estão prestando assistência aos familiares, que já se deslocaram ao país vizinho. A pasta acrescentou que "mantém contato com as autoridades policiais, que investigam as circunstâncias do ocorrido", e disse que não está "autorizado a fornecer informações de cunho pessoal sobre o caso."


Faltou dinamite


Fumaça na embaixada dos EUA em Pequim
(Foto: Jin Song / via Reuters)

Uma explosão ocorreu nos arredores da embaixada dos Estados Unidos em Pequim, na China, na quinta-feira (26). De acordo com a representação diplomática americana, um suspeito detonou uma bomba, mas a polícia chinesa afirma que suspeito utilizou apenas um fogo de artifício.

O porta-voz da embaixada dos EUA afirmou que o incidente ocorreu “por volta das 13h no horário local (2h de Brasília) no espaço público fora do complexo da embaixada”. Apenas o suspeito, um homem de 26 anos da região da Mongólia, no interior da China, ficou ferido.

O Gabinete de Segurança Pública da capital chinesa afirmou que o suspeito se feriu ao acender o explosivo de pequenas dimensões, "que parecia um morteiro", de acordo com a France Presse. Ele foi levado ao hospital e passa bem.

A polícia não explicou o que teria motivado a ação.


Desovada no matagal


Maria Isabel e o local onde foi desovada

Maria Isabel, uma jovem de apenas 16 anos, saiu de casa e desapareceu. Foi vista com vida, pela última vez, com o namorado.

A família acionou a polícia e 5 dias após o desaparecimento, o corpo da jovem foi encontrado em um matagal.

Segundo informações, a vítima teria sido atacada a facadas pelo próprio namorado, que teria ficado com ciúmes ao ter visto a garota conversando com outro rapaz em uma festa.

Notícia veiculada neste dia 26.


Nasceu e morreu no mesmo dia


Bia e o suspeito de seu assassinato, o ex-marido

Beatriz, que estava completando 26 anos, recebe em sua casa o pai de seu filho, que seria levado pelo pai mas o casal acabou discutindo e ele a atacou.

O dia também era de comemoração pelo novo emprego da vítima, como atendente em um supermercado. O ex-marido de Bia estrangulou-a na frente da enteada e do seu próprio filho, um menino de apenas 5 anos.

Noticiado em 26 de julho.



Edição jornalística: tia Val